Salada de trigo integral & filetes de atum


Com esta salada participo na campanha #Ponunaensalada en tu verano 2015 que organiza Sugg-r and some Salt com a colaboração de Claudia & Julia, Lafiore ,Senorios de Relleu  ,Un horto en mi balcon , e Vive la Fruta (del hurto a tu casa u oficina) .
Tem até ao dia 2 de julho para participar, basta passar no blog e verem como fazer, eu como adoro saladas não podia deixar de participar.




Ingredientes

trigo integral
sal
1/2 courgette
2 tiras de pimento
1/2 cebola
1 dente de alho
azeite
1 lata de filetes de atum
pimenta preta
hortelã



No dia anterior coloca-se o trigo integral de molho em água fria.
Na embalagem diz para cozer no dobro da água mas o coloquei um pouco pois demora mais de 1:30 a cozer visto ser integral.
Coze-se em água temperada com sal e depois de cozido escorre-se e reserva-se.

Coloca-se azeite numa frigideira,quando estiver quente junta-se a cebola picada , os alhos picados e o pimento em cubos.
Deixa-se cozinhar um pouco e junta-se a courgette também em cubos, tempera-se com sal e pimenta e deixa-se cozinhar até estarem moles.


Adiciona-se o trigo integral e envolve-se muito bem, desfazem-se um pouco os filetes de atum e juntam-se também.
Deixa-se cozinhar un pouquinho e retira.se.
Serve-se polvilhado com hortelã picada. 

Cheesecake de maça caramelizada, toffe e crumble


Depois de mais de um mês longe do blog ,volto hoje pois tem me pedido esta receita e como é uma sobremesa perfeita para estes dias quentes aqui vou deixo, espero que gostem pois aqui em cá adoramos.

Fazia tempo que o queria fazer, pois achei a cobertura uma tentação e as fotos estão de dar água na boca.
A receita original é do blog jaleoenlacocina o cheesecake dele é de forno mas como tem estado muito calor eu fiz um que vai ao frio e usei essa maravilhosa cobertura que aconselho a fazer pois tenho a certeza que vão gostar.

Base

10 bolachas com recheio de chocolate
2 c.(sopa) de manteiga

Creme 

500 g de queijo quark
4 iogurtes naturais
1 pacote de natas (200 ml)
raspa de 1 limão
2 c.(sopa) de açúcar
7 folhas de gelatina


Toffe

90 g de açúcar
4 c.(sopa) de água
6 c.(sopa) de natas
1/2 c.(sopa) de manteiga

Crumble

150 g de farinha
80 g de flocos de aveia(usei integrais)
100 g de manteiga
75 g de açúcar mascavado claro
uma pitada de canela
6 nozes picadas

Para as maças

1 maça gramny smith
100 g de açúcar branco
canela em pó 
  
  
 
 Forra-se o fundo de um aro com papel de aluminio e forram-se os lados com folhas de acetato.
 Trituram-se as bolachas ,junta-se a manteiga e com esta massa forra-se o fundo do aro calcando bem, reserva-se.

Para o creme , colocam-se as folhas de gelatina de molho em água fria.
Bate-se muito bem o queijo com os iogurtes naturais, adiciona-se o açúcar e a raspa de limão e bate-se mais um pouco.
Retira uma colher de sopa deste creme e junta-se a gelatina espremida e vai ao lume em banho-maria até que se dissolvam.
E junta-se ao creme misturando muito bem.
Batem-se as natas até ficarem bem firmes e envolvem-se no creme , verte-se sobre a base de bolacha e vai ao frio de preferência dum dia para o outro.


Toffe- Numa frigideira coloca-se o açúcar e a água e deixa-se o açúcar dissolver, quando o açúcar estiver escuro retira-se do lume e junta-se a manteiga mexendo sempre ,de seguida adiciona-se a natas mexendo se ficar muito grosso junta-se mais natas.
Deixa-se arrefecer.

Crumble- deitam-se todos os ingredientes numa taça e misturam-se muito bem com as mãos.
Forra-se um tabuleiro com  papel vegetal e verte-se o preparado e vai ao forno até ficar dourado,de vez em quando convém mexer para não queimar, retira-se e deixa-se arrefecer.
Depois com as mãos esmigalha-se tudo.

Maça- coloca-se o açúcar numa frigideira até ficar caramelo.
Entretanto descasca-se a maça e corta-se em cubos pequenos.
Envolvem-se na canela e junta-se ao caramelo e deixam-se cozinhar sem que se desfaçam, retiram-se e deixam-se arrefecer.   

Desenforma-se o cheesecake e rega-se com metade do molho toffe,cobre-se com o crumble e com as maças caramelizadas. 

Folhado com creme de morangos



Gosto muito de folhados com creme e fruta tenho sempre um rolo daqueles do Lidl que são rectangulares e dão jeito para este tipo de folhado.
Simples de fazer e podemos sempre rechear com o que quisermos.
 
Ingredientes

1 rolo de massa folhada rectangular
200 g de morangos
2 c.(sopa) de açúcar
2 c.(sopa) de vinho moscatel
1 pacote de natas
1 iogurte grego natural
4 folhas de gelatina
chocolate em pó
framboesas e groselhas

  
Desenrola-se a massa folhada e corta-se ao meio , colocam-se as duas metades num tabuleiro usando o papel que vem a enrolar a massa.
Pica-se toda a massa com um garfo , sobre a massa coloca-se um folha de papel vegetal e por cima outro tabuleiro, isto para que a massa não cresça.
Vai a cozer por 15 minutos ,depois retira-se o tabuleiro de cima da massa e a folha de papel vegetal e deixa-se cozer até a massa ficar dourada.

Entretanto faz-se o creme, colocando os morangos cortados em pedaços numa panela assim como o açúcar e o moscatel, deixa-se cozer até que os morangos se desfaçam.
Com a varinha mãgica trituram-se e junta-se as folhas de gelatina espremidas, mexe-se bem para que se dissolvam, reserva-se para que arrefeça.


Batem-se as natas bem firmes, junta-se o iogurte grego e de seguida os morangos triturados, envolve-se tudo muito bem e vai ao frio cerca de 30 minutos para prender um pouco.

Quando estiver no ponto coloca-se o creme num saco de pasteleiro de bico frisado e vai-se deitando sobre uma placa de massa folhada até acabar o creme, coloca-se a outra massa folhada por cima.
Polvilha-se com chocolate em pó e decora-se com as framboesas e groselhas.

Batata brava com romesco e azeite de chouriço




Este mês o desafio do Memories duna cuinera  é fazer batata brava , a primeira vez que comi foi em Tarragona na primeira vez que estive lá de férias e gostei muito pois tem um molho picante.
Já fiz varias vezes mas desta vez procurei uma receita diferente e encontrei no blog Pimientos verdes  a eleita.
Leva o molho romesco que é um molho de origem catalã que provém da região de Tarragona .
Leva nôras que é um pimento redondo pequeno e vermelho , como não tinha usei o nosso pimento vermelho o molho fiz a olho e com algumas alteraçôes, receita vinda daqui.
Devo que adorei , foram as melhores batatas bravas que  já comi.




Ingredientes 

4 batatas médias
6 rodelas de chouriço
3 c. (sopa) de azeite
maionese
molho romesco
pimenta preta

Molho romesco

1 tomate maduro
3 dentes de alho
1/2 pimento vermelho
6 avelâs tostadas
12 amêndoas tostadas
sal
pimenta
3 c.(sopa) de azeite
2c.(sopa) de vinagre balsámico
piripiri



Para o molho tiras-se a pele das amêndoas e das avelãs e reservam-se.
Num pirex coloca-se 2 dentes de alho com casca o tomate e o pimento e vai ao forno assar.
 Depois de assado retira -se a pele do tomate e do pimento, corta-se em pedaços coloca-se no liquidificador assim como as frutos secos os alhos descascados ,azeite ,vinagre, tempera-se com sal e pimenta e o piripiri e tritura-se tudo muito bem.
Se ficar muito grosso junta-se mais azeite e vinagre.
 Reserva-se.


Descascam-se as batatas e cortam-se em cubos, fritam-se até ficarem bem douradas e depois escorrem-se sobre papel de cozinha.

Fritam-se as rodelas de chouriço no azeite( o chouriço não precisamos para a receita apenas o azeite) .

Nos pratos colocam-se as batatas, sobre ela a maionese , o molho romesco , o azeite de chouriço ,pimenta preta acabada de moer  e servimos com uma cerveja bem fresca.   
 

Gelado de baunilha


Esta aberta a temporada dos gelados e o primeiro é com sabor a baunilha, receita super simples do chef Henrique Sá Pessoa .


Ingredientes

250 ml de leite
250 ml de natas
1 vagem de baunilha fresca
6 ovos 
100 g de açúcar


Num tacho mistura-se o leite com as natas , junta-se a polpa da baunilha do interior da vagem e a vagem também.
Retira-se do lume assim que levantar fervura e reserva-se por 15-20 minutos.

Separam-se as gemas e colocam numa taça, junta-se o açúcar ,adiciona-se um pouco do leite para habituar as gemas ao calor.
Adiciona-se tudo e e leva-se ao lume, mexendo sempre até ficar cremoso, cerca de 10 minutos.


Quando estiver cremoso retira-se e  coa-se com um passador, deixa-se arrefecer um pouco e depois coloca-se no frigorifico.

Quando estiver bem frio bate-se com a batedeira em velocidade baixa até ficar cremoso.
Coloca-se depois no congelador até prender mais um pouco e serve-se.