Mil-folhas com chantilly




Esta é a primeira receita de 2020 é uma receita tão simples que qualquer pessoa pode fazer, ingredientes leva apenas três.
Fiz para aproveitar três quadrados de massa folhada que tinha no frigorifico.


Ingredientes:

  • 3 quadrados de massa folhada
  • 1 pacote de natas frescas
  • 2 colheres sopa de açúcar em pó





Colocam-se os quadrados de massa num tabuleiro e com um garfo pica-se a massa.
Tapa-se com uma folha de papel vegetal e coloca-se outro tabuleiro por cima, vai ao forno cerca de 30 minutos até a massa ganhar cor.
Retira-se e deixa-se arrefecer.
Depois com uma faca de cortar pão cortam-se os quadrados ao meio.


Batem-se as natas , adiciona-se o açúcar em pó e bate-se mais um pouco até ficarem em chantilly.
Coloca-se num saco de pasteleiro com bico frisado e vai-se fazendo pequenas rosetas sobre os quadrados de massa.
Coloca-se outra parte por cima e deita-se mais chantilly.
Guarda-se no frio até á hora de servir

Tarteletes de cogumelos e tomate cherry



Este é tipo de receita que faço apenas para mim pois mais ninguém aprecia.
Costumo comprar quadrados de massa folhada no continente que são o tamanho das formas.
Estas tem o recheio que mais gosto , cogumelos e tomate cherry e para terminar nada melhor que queijo

Ingredientes:

  • 2 quadrados de massa folhada
  • 2 dentes de alho
  • azeite
  • 10 cogumelos marron
  • 1/2 malagueta fresca
  • 10 tomates cherry
  • 1 mozarella
  • salsa picada



Picam-se os alhos e deitam-se numa frigideira, deitando um pouco de azeite. deixa-se alourar um pouco e depois junta-se a malagueta corta em tiras finas.
Laminam-se os cogumelos e juntam-se na frigideira , quando estiverem moles juntam-se os tomates cortados ao meio.
Os tomates vão largar o suco por isso não é necessário juntar nenhum liquido.


Deixa-se cozinhar até os tomates estarem moles, depois retira-se do lume e deixa-se arrefecer.
Forram-se as duas formas com a massa e divide-se o recheio, por cima coloca-se a mozarella cortada em pedaços e vai ao forno até a massa estar cozida.
Retira-se e serve-se com salada.

Bomba de salada de quinoa á grega


Já tinha feito esta receita uma vez mas nunca cheguei a publicar, isso acontece imensas vezes, tiro fotos e depois acabo por apagar e lá vai receita.
A receita vem numa revista do Jamie Oliver.
A quinoa é uma medida para duas de água, eu costumo passar por água antes de a cozer.



Ingredientes:

  • 1 chávena de quinoa
  • 2 chávenas de água
  • sal
  • limão
  • azeite
  • 6 azeitonas sem caroço
  • 1/2 cebola roxa laminada
  • 8 tomates cherry cortados
  • 1/2 pepino sem sementes e finamente cortado
  • queijo feta


Passar a quinoa por água e levar a cozer até que toda a água tenha desaparecido.
Retira-se do lume e deita-se numa taça para arrefecer.
Junta-se a raspa e sumo de limão , sal e um pouco de azeite.
Cortam-se as azeitonas em pedaços e colocam-se numa taça assim como o tomate a cebola roxa, o pepino e o queijo feta.
Rega-se com sumo de limão, azeite e sal e pimenta.
Passa-se por água uma taça, eu usei um tigela grande.
Forra-se com pelicula aderente , deita-se um pouco de quinoa e depois a salada e vai alternando até acabarem os ingredientes.
Coloca-se uns minutos no frio.
Para servir vira-se sobre o prato, retira-se a tigela e a pelicula.
Esfarelei queijo feta e servi.

Charlotte de frutos vermelhos



Há muito que não trazia uma receita doce, esta é super simples de fazer.
Usei um iogurte de kefir que costumo comprar no Lidl que tem cerca de 250g se não tiverem podem usar outros.
A forma é pequena tem cerca de 18 cm.






Ingredientes:


  • palitos de champanhe
  • leite morno
  • 250 g de mascarpone
  • 1 iogurte de 250 g de pedaços de mirtilos
  • 1 pacote de natas de bater
  • 250 g de frutos vermelhos congelados
  • 5 colheres de sopa de açúcar
  • 1 colher de sopa de whisky
  • 5 folhas de gelatina incolor
  • framboesas e mirtilos



Coloca-se um aro no prato onde se vai servir a charlotte, á volta colocam-se duas de acetato para depois ser mais fácil desenformar.
Molham-se os palitos em leite e vão-se colocando á volta do aro, partem-se alguns que se vão colocando o fundo do prato para fazer a base.

Colocam-se as folhas de gelatina em água fria.
Deitam-se os frutos vermelhos num tacho com o açúcar e o whisky e vai ao lume até que se comecem a desfazer.
Espremem-se as folhas de gelatina e juntam-se á fruta mexendo bem.
Tritura-se com a varinha mágica e  reserva-se.


Batem-se as natas bem firmes  e reservam-se, noutra taça bate-se o mascarpone e o iogurte até ficar cremoso, adiciona-se a mistura de frutos vermelhos misturando bem.
Por fim envolvem-se as natas batidas  e verte-se este creme na forma.
Vai ao frio de preferência dum dia para o outro, no momento de servir retira-se o aro as folhas de acetato e decora-se com as framboesas e mirtilos. 

Pastéis de grão



Estes pasteis  além de simples de fazer são uma delicia, tem um sabor a limão tão bom!
A receita é do livro Jamie e a cozinha Italiana já fiz várias vezes  , é uma boa maneira de substituir a carne.




Ingredientes:


  • 200 g de grão de bico em lata
  • 1/2 limão
  • 1 ovo
  • 1 malagueta seca
  • 60 g de farinha de trigo com fermento
  •  salsa picada
  • sal


Escorre-se o grão e coloca-se num robot de cozinha, adiciona-se a casca de limão finamente ralada e o respectivo sumo, o ovo a malagueta a salsa e uma pitada de sal.
Tritura-se apenas o necessário para misturar os ingredientes .
Deita-se para uma taça e mistura-se a farinha, envolvendo muito bem.

Coloca-se uma frigideira anti aderente ao lume , quando estiver quente deita-se um pouco de azeite, com ajuda de duas colheres de sopa vão se moldando os pasteis e colocam-se na frigideira ( deu para 10 pasteis).
Deixa-se cozinhar até ficarem dourados , vão-se virando.
Retiram-se e colocam-se sobre papel de cozinha.
O Jamie faz um molho na frigideira mas faço sempre assim , depois de prontos servi com uma salada de mistura de alfaces, cebola roxa, tomate cherry e queijo feta.







Gyosas com cogumelos






As gyosas são uns espécie de pastéis recheados com carne ou legumes , podem ser fritos mas também cozidos ao vapor.
Esta iguaria é muito popular entre os japoneses , no entanto é originária da china.
Já fiz por duas vezes, desta vez recheei com cogumelos marron e servi com molho agridoce.



Ingredientes:

  • 150 g de farinha de trigo
  • 90 ml de água quente
  • 1 pitada de sal
Recheio:
  • 10 cogumelos marron
  • 1/ 2 malagueta fresca
  • 2 alhos picados
  • azeite
  • sal
  • molho de soja
  • salsa


Numa taça deita-se a farinha o sal e a água mistura -se com as mãos, depois deita-se sobre a bancada da cozinha e amassa-se por cerca 3 a 4 minutos , até ficar a massa um pouco elástica.
Coloca-se dentro dum saco plástico e reserva-se por 30 minutos.

Entretanto faz-se o recheio, picam-se os cogumelos.
Numa frigideira deita-se os alhos picados, de seguida a malagueta também picada, mistura-se e por fim adicionam-se os cogumelos, tempera-se com um pouco de sal e deixa-se cozinhar.
Retira-se do lume e deixa-se arrefecer.





A massa já descansou  estende-se com o rolo da massa até ficar fina, com um cortante corta-se circulos que se vão colocando de lado , tendo o cuidado de deitar farinha sobre eles para não se colarem.
Depois coloca-se um disco sobre a mão e no meio deita-se um pouco de recheio ,na parte que fica virada para nós molha-se com um pouco de água e depois fecha-se fazendo pregas.
No you tube tem vários videos que ensinam.
Numa frigideira deita-se um pouco de azeite e fritam-se as gyosas deixando as pregas para cima.
Quando estiverem dourados deita-se uma chávena de água quente e tapa-se e deixa-se cozinhar por cerca de 5 minutos.
Quando estiver seco estão prontos.
Serve-se com molho agridoce ou outro da vossa preferência.